Rio de Janeiro/RJ
19 a 24 de Maio de 2019
ITF Seniors CBT - Confederação Brasileira de Tênis Tênis RJ Fenaset
Rio de Janeiro/RJ
19 a 24 de Maio de 2019

Sede

Foto: Rio Collage

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro (frequentemente referida simplesmente como Rio) é um município brasileiro, capital do estado homônimo, situado no Sudeste do país. Maior destino turístico internacional no Brasil, da América Latina e de todo o Hemisfério Sul, a capital fluminense é a cidade brasileira mais conhecida no exterior, funcionando como um “espelho”, ou “retrato” nacional, seja positiva ou negativamente. É a segunda maior metrópole do Brasil, a sexta maior da América e a trigésima quinta do mundo. Sua população estimada pelo IBGE para 1.º de julho de 2018 era de 6 688 927 habitantes. Tem o epíteto de Cidade Maravilhosa e aquele que nela nasce é chamado de carioca. Parte da cidade foi designada Patrimônio Cultural da Humanidade, com o nome “Rio de Janeiro: Paisagem Carioca entre a Montanha e o Mar”, classificada pela UNESCO em 1 de julho de 2012 e categorizada como uma Paisagem Cultural. Em 18 de janeiro de 2019, a cidade foi eleita pela UNESCO como a primeira Capital Mundial da Arquitetura.

É um dos principais centros econômicos, culturais e financeiros do país, sendo internacionalmente conhecida por diversos ícones culturais e paisagísticos, como o Pão de Açúcar, o morro do Corcovado com a estátua do Cristo Redentor, as praias dos bairros de Copacabana, Ipanema e Barra da Tijuca (entre outros), o Estádio do Maracanã, o Estádio Nilton Santos, o bairro boêmio da Lapa e seus arcos, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro, as florestas da Tijuca e da Pedra Branca, a Quinta da Boa Vista, a Biblioteca Nacional, a ilha de Paquetá, o réveillon de Copacabana, o carnaval carioca, a Bossa Nova e o samba.

Representa o segundo maior PIB do país (e o 30º maior do mundo), estimado em cerca de 329 bilhões de reais (IBGE/2016), e é sede das duas maiores empresas brasileiras – a Petrobras e a Vale, e das principais companhias de petróleo e telefonia do Brasil, além do maior conglomerado de empresas de mídia e comunicações da América Latina, o Grupo Globo.

Contemplado por grande número de universidades e institutos, é o segundo maior polo de pesquisa e desenvolvimento do Brasil, responsável por 19% da produção científica nacional, segundo dados de 2005. Destaque para a Universidade Federal do Rio de Janeiro que publicou 5 952 artigos entre 1998 e 2002. Rio de Janeiro é considerada uma cidade global beta – pelo inventário de 2008 da Universidade de Loughborough (GaWC).

A cidade foi, sucessivamente, capital da colônia portuguesa do Estado do Brasil (1621-1815), depois do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves (1815-1822), do Império do Brasil (1822-1889) e da República dos Estados Unidos do Brasil (1889-1968) até 1960, quando a sede do governo foi transferida para a então recém construída Brasília.

Fonte Wikipedia

Foto: Divulgação/Marina Barra Clube

Marina Barra Clube

A história do Clube começou bem antes de sua inauguração, em 1984.

Localizada em uma ilha artificial, oriunda da dragagem feita pelo antigo DNOS, para retificação e aprofundamento dos canais submersos destinados a assegurar a circulação da água na Lagoa da Tijuca, surgia a futura sede do clube. A Ilha foi adquirida em 1977 pela empresa fundadora – Veplan. A intenção era construir um condomínio de casas no complexo. Na época, porém, havia um decreto da Prefeitura determinando que as ilhas da Barra da Tijuca só poderiam ser utilizadas para turismo ou lazer.

O projeto final foi elaborado embasado em uma cidade miniatura localizada em Portugal, “A Cidade dos Meninos”, inspiração vinda de uma viagem àquele país irmão, pelo então presidente da Veplan. Com a assinatura de grandes mestres como Sérgio Rodrigues – Projeto Arquitetônico e Gilles Jacquard – Decoração da Sede Social, entre outros. Maria Clara Machado foi a criadora do projeto e deu seu nome ao Parque Infantil. Esta área do clube é um mundo de fábulas e magia, inspiradas nos personagens e cenários de sua criadora. A construção obedeceu rigorosamente aos prazos estabelecidos e, em dezembro de 1983, na festa de Réveillon, o Clube foi entregue ao corpo societário.

Em 20 de janeiro de 1984, dia de São Sebastião, descerrou-se a placa comemorativa e oficialmente, foi inaugurado. O conjunto arquitetônico dessas instalações, somado ao encanto da natureza que o Marina abriga, dá ao clube um cenário de paz e tranqüilidade que completam este cenário.

Todos esses aspectos dão ao Marina Barra Clube o título de “O Clube mais bonito do Rio”.

Nossa Missão é oferecer lazer aos associados visando a sua satisfação e integração através de atividades esportivas, sociais e culturais, com qualidade e competência, em um ambiente saudável, seguro e amistoso.